Festas da Cidade e Gualterianas
Festivais Gil Vicente
Festas da Cidade e Gualterianas
Festivais Gil Vicente
Festas da Cidade e Gualterianas
Festivais Gil Vicente
Image

O Westway LAB regressa ao seu calendário de primavera para cumprir a sua 8ª edição consecutiva. Uma viagem de quatro dias assegurada pela via digital, com a celebração da música a impulsionar encontros profissionais e trocas de conhecimento para sustentar caminhos futuros.


Nesta edição importa destacar a colaboração ibérica a ocorrer em 2022, que começa a ganhar corpo este ano com o "The Spanish Wave” onde se incluem as atuações de Olivia is a Ghost, Go Cactus, Melenas e Pinpilinpussies, 4 bandas espanholas a seguir com atenção. Esta primeira mostra pretende desencadear uma dinâmica entre Portugal e Espanha no sector da música, e gerar uma relação colaborativa consistente entre todos os profissionais dos dois países.


O "The Spanish Wave" levanta assim o véu sobre a cena musical espanhola e lança um olhar sobre o potencial criativo que o foco ibérico pretende revelar na 9ª edição do Westway LAB, durante o próximo ano.

O processo de intercâmbio europeu no sector da música torna-se pois mais vital que nunca, dado o atual contexto de transformação que se vive e a necessidade da procura de novas soluções. O Westway LAB 2021 arranca assim com o IMPALA CAMPUS, novo projeto europeu de formação para jovens profissionais da indústria da música. 

 

É dentro desse espírito reforçado de capacitação e colaboração internacional que lançamos uma ideia já habitada em edições anteriores mas que agora ganha novos contornos: um foco ibérico a acontecer em 2022.

 

Antecipando essa vibração, teremos, neste ano tão particular das nossas vidas, o contributo de 2 figuras importantes da área em ambos os países, no papel de Keynote nacional e internacional: João Carvalho (Paredes de Coura / Primavera) e Robert Grima (Live Nation Espanha).

 

Garantimos também, como sempre, um espaço central para artistas e parceiros que têm dado corpo a esta construção de relações e investido sem reserva no potencial que se vai desenhando anualmente em Guimarães no universo da música. Fundação GDA, I.N.E.S., E.T.E.P., Antena 3 e Why Portugal alimentam o programa nacional e estrangeiro de talentos com a diversidade no critério; enquanto a AMAEI e a MERLIN, sua parceira, apontam a estrada pela frente no âmbito da música digital.


Rui Torrinha